"Cidade sem gente" - dolorosamente

“Um acontecimento terrivelmente doloroso. Mas estou a procura por alguém que goste de mim como eu sou.


E eu tinha encontrado essa pessoa. Mas isso é o começo de algo ainda mais doloroso.
É triste estar com alguém sabendo que não há nada que ela possa fazer por essa si. E ver essa pessoa sofrer é tão doloroso...

livro27

Então eu tento fugir daquela pessoa. Eu desapareci, porque eu gosto muito dela.

Mesmo assim. Não poder ver essa pessoa é muito mais doloroso. Não poder ver essa pessoa é mesmo muito mais doloroso.


- Por eu gostar dela, deixei-a.
- Gostas dela, mas deixas-te-a?
- Isso é pelo bem da felicidade dela…

livro28

- Felicidade? O que é isso!?
- Felicidade…isto é…
- Ela é a tua felicidade?
-A minha felicidade...?


A minha felicidade está aqui? A minha felicidade está apenas com aquela pessoa.
Apesar de ser doloroso, apesar de que o meu coração irá doer.
Mesmo assim eu amo essa pessoa.
Isso. Eu encontrei...”

4 Sonhos:

meninadolápismágico | 3 de dezembro de 2009 às 13:49
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Kii | 5 de dezembro de 2009 às 20:42

Parar não podes. Nunca!
Dá passos, por mais pequenos que sejam, ajudam-nos sempre:) Custa, parece impossível. Apetece desistir. Parece que tudo se desmorona, mas és, somos, capazes. Tens que ter força de vontade.

Só tens que ter força, vontade e, principalmente, acreditar. Porque tu és capaz;D

Aos poucos vais conseguir e o teu sorriso vai voltar com mais força do que a que tinha antes...


Obrigada. É muito bom saber isso*.*

CátiaSofia | 22 de dezembro de 2009 às 17:22

Não podes desistir, nem sequer deixar que a tua felicidade vá com ela. Agarra-a, e se possivel trás a pessoa que a tem, não tenhas medo e segue em frente.

Beijo grande.

Fada Madrinha | 23 de dezembro de 2009 às 01:59

Amei este *.*

Enviar um comentário